sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Painkiller Jane

Sexta de séries 39 de 52 - 274 de 366

Atualmente é uma beleza ser fã de quadrinhos. A quantidade de adaptações para cinema e tv são absurdas, e pelo menos 75% delas são de qualidade. Mas não é de hoje que adaptações de quadrinhos são encontradas na TV. Só costumavam ser produções mais baratas ou mais tímidas.

Uma dessas foi Painkiller Jane. Em 2007 os heróis já haviam se estabelecido no cinema. Na TV ac coisa não ia também, Com a popularidade e que da de Heroes tudo ficou complicado. Mas comendo pelas beiradas vinha a Ficção científica.

Jane Vasco sofre um atentado e se recupera misteriosamente, ela adquire imunidade a qualquer doença e regeneração. Com isso passa a fazer parte de um grupo secreto, antes ela era do DEA.

Nos quadrinhos é meio diferente, ela sofre uma explosão e menos explicações são dadas. Ela vira uma vigilante.

A série foi inspirada num telefilme de 2005, que foi inspirada nas hqs de Palmiotti e Quesada de 1995.

A série nunca foi muito lá pra frente e foi cancelada com apenas uma temporada de 22 episódios.
No filme Emmanuelle Vaugier era a protagonista, foi substituída por Kristanna Loken  na série.



Links:
https://en.wikipedia.org/wiki/Painkiller_Jane_(TV_series)
http://www.minhaserie.com.br/serie/282-painkiller-jane
http://www.imdb.com/title/tt0866432/
https://omelete.uol.com.br/series-tv/noticia/serie-de-televisao-de-painkiller-jane-e-cancelada/
http://www.guiadosquadrinhos.com/personagem/painkiller-jane-(jane-vasco)/1759
http://www.imdb.com/title/tt0466391/?ref_=tt_rec_tt

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

O mouse com bolinha

Quinta de generalidades - 38 de 52 - 273 de 366

Uma coisa que muita gente nem lembra mais é como eram os mouses. Na verdade uma geração inteira nem usou o mouse com uma bolinha dentro, e outra geração (a minha) nem montou seu próprio PC com placas vendidas separadas e barro fofo.

mas a tal bolinha era um inferno, os mouses atuais dão de dez a zero naquelas coisas. Ter fio no mouse já me parece algo obsoleto (sim, gamers, eu sei).

mas limpar a rodinha da bolinha era um saco. Aquilo enchia de pó e emperrava. E quando se estava acabando (era lei isso) batia o braço e derrubava a bolinha pra debaixo de algum móvel.

Mas, lembro quando tive meu primeiro PC com mouse. Era a melhor tecnologia que inventaram. A vida é assim, as coisas vão, a entropia vai comendo tudo e os mouses vão melhorando.

Ou você pode usar seu mouse antigo assim



quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Brinquedos de plástico tipo bolha

Quarta de brinquedos - 38 de 52 - 272 de 366

Um tipo de brinquedo que todo mundo teve algum na infância, que sempre era o presente das vacas magras ou de um dia qualquer, feito de plástico fino e meio maleável, sem pinturas, as vezes com algum adesivo. Os brinquedos de Plástico injetado tipo bolha.

Um polímero de termoplástico, enfiado numa forma, aquecido s e soprado por alguma máquina. Ganhava a forma de carrinhos, nas quais as rodas eram encaixadas depois, com eixos de metal, bonecas de uma peça só que invariavelmente acabariam com os narizes e polegares amassados.

Um dos brinquedos mais presentes no dia a dia dos anos 80, 90 e qualquer outra década. Aqueles que vendiam em feiras e bazares e que ainda dá pra encontrar por ai.

Eram fabricados por indústrias de plásticos e brinquedos sem muito nome, vinham, quando muito, num saco plástico com etiqueta em cima.

Como toda criança da época tive um monte desses. Alguns me lembro bem, como um furgão preto e um Popeye em uma lancha vermelha. Eu era louco por esse dois. Mas tenho certeza que muitos outros vieram e foram.

Pouco se vê entre colecionadores esses brinquedos, eu não tenho nenhum, e nunca fui atrás de nenhum. Mas, lembro bem deles e fizeram parte da minha infância e de muita gente.

Links:
http://www.moldesinjecaoplasticos.com.br/saidas.asp
http://vwsp2classico.blogspot.com.br/2009/11/volkswagen-sp2-miniatura-plastico-bolha.html
https://pt.wikipedia.org/wiki/Molde_de_inje%C3%A7%C3%A3o
https://pt.wikipedia.org/wiki/Pl%C3%A1stico
https://pt.wikipedia.org/wiki/Polipropileno

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Raça das Trevas

Terça de filmes -38 de 52 - 271 de 366

Raça das Trevas (Nightbreed, 1990) é um filme do Clive Barker, o que já significa body horror, terror psicológico e todas essas coisas legais. Inspirado num livro de mesmo nome, com uma continuaão em HQ, o filme impressiona pelas criaturas bizarras típicas de Barker.

O filme conta a história de um povo deformado que vive no subsolo, um tipo de sociedade bizarra que vive em paz no seu canto. Mas as pessoas odeiam os monstros assim que os descobrem e agora, com a ajuda de um homem, eles devem derrotar os invasores e salvar sua sociedade.

Links:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Nightbreed
http://www.imdb.com/title/tt0100260/
https://en.wikipedia.org/wiki/Nightbreed

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

domingo, 25 de setembro de 2016

Kapanga

Domingo de música - 38 de 52 - 269

Quando a MTV Latina ficava aberta no pacote da DirecTV, e a MTV (qualquer uma tocava música), conheci um monte de bandas legais que cantam em espanhol.

Uma dessas bandas é o Kapanga, banda da Argentina formada 1989, mas que demorou até 1998 pra lançar seu primeiro disco. A banda tem uma discografia gigange, que admito só conhecer o primeiro, fica na minha lista de explorar.

O estilo da banda fica no punk, hardcore e ska.

Links:
https://es.wikipedia.org/wiki/Kapanga




sábado, 24 de setembro de 2016

Centurions

Sábado de desenhos - 38 de 52 - 268 de 366

Eu sei que Centurions é carne de vaca, não que não seja uma boa lembrança, eu adorava esse desenho, mas é que em todo lugar tem material sobre ele. Preciso manter a coisa mais obscura, mas não estou achando nada em minhas memórias mais obscura hoje.

Centurions comecçou em 1986 e teve duas temporadas, juntas somaram 65 episódios.

Centurions eram 3 agentes, na primeira temporada, combatem uma organização terrorista do Doc Terror, que nesse futuro próximo, (para a série), o tal Doc Terror queria transformar toda a população da Terra em escravos ciborgues.



Os centurions usavam trajes que podiam receber equipamentos dando lhes características de veículos de combate. Cada um deles usava um tipo de equipamento para um determinado ambiente.


Max Ray - Brilhante Domador das Operações no Mar. O mais calmo e de fato o líder da Equipe. Seu traje lhe dar o suporte em missões marinhas.
Jake Rockwell - Especialista nas Operações de Terra. Seu traje lhe dar melhor suporte nas missões terrestre.
Ace McCloud - Ousado Especialista Operações Aéreas. Seu traje lhe dar melhor suporte nas missões aéreas, entrando em batalhas espaciais.
Colei da Wikipedia mesmo. Posteriormente entraram mais dois para a equipe. Rex Charger e John Thunder.

A animação, feita em estúdio japonês, era muito legal, o design dos personagens também, na verdade esse é um dos seus pontos mais altos. Inclusive teve mão do Jack Kirby ai.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

The Drew Carey Show

Sexta de séries - 38 de 52 - 267 de 366.

Os anos 90, como eu já escrevi aqui alguma vezes, foi marcado pelas sitcoms, mais do que isso, muitas desses sitcoms vinham com o nome do comediante já no título. Uma delas foi The Drew Carey Show.

The Drew Crey show tinha a versão fictícia do próprio Carey, como ele seria se nunca torna-se um ator. Ele era o homem comum trabalhando em um escritório de venda de varejo de artigos para o homem comum. Ele tinha amigos malucos, uma rival no escritório e um interesse amoroso. A série começou morna, ficou muito boa em suas temporadas iniciais e depois passou algumas temporadas se arrastando, até finalmente morrer esquecida em 2004. Durou 9 temporadas, de 1995 até 2004.

A série era boa, só cometeram o erro de muitas sitcoms de durar demais. Hoje está bem esquecida.

Links:
http://www.imdb.com/title/tt0111945/ 
https://en.wikipedia.org/wiki/The_Drew_Carey_Show
https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_The_Drew_Carey_Show_characters

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Nhoqueira

quinta de generalidades - 37 de 52 - 266 de 366

Nos anos 80 as comidas congeladas e industrializadas começaram a ficar populares, ainda com preços absurdamente altos, para uma minoria ou pra um dia em especial. Junto com isso vieram alguns utensílios, entre eles tinha um tubo de plástico graduado com êmbolo pra empurrar carne moída e fazer hambúrguer como o comprado e congelado. Fazia sentido pra época, hoje um hambúrguer caseiro igual o comprado soa ridiculamente besta.

Entre as coisas de cozinha apareceu a nhoqueira. Diz a lenda que foi inventada por um cara que ficou rico com ela, e que o garoto na embalagem (não achei imagens) era filho dele. Essa coisa custava uma fortuna, mas logo a galera do jeitinho copiou o negócio com canos de PVC e madeira. Era dessa que minha mãe e minhas avós tinham.

O nhoque ficava meh, tinha que ser mais mole que o da mesa, a coisa meio que desandava. Hoje tem umas com lavanquinhas e tal, mas faz pouco sentido pra mim. Se é pra fazer, faça direito, numa mesa, se é pra comprar, compra logo congelado que faz tempo que não tem mais seu preço proibitivo.


quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Mais comerciais da Philco

Comerciais e Toys - 37 de 52 - 265 de 366

A Philco teve essa campanha de vídeo cassete e TV juntos, que o aparelho era uma bela porcaria, mas os comerciais eram bem legais. Esse nem é tão memorável, mas é legal também. O pistoleiro mata o vídeo cassete velho.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Caninos Brancos

Terça de filmes - 37 de 52 - 264 de 366

Caninos Brancos, (White Fang, 1991) é uma adaptação do livro de Jack London de 1910. Durante a corrida do ouro, um filhote de lobo é capturado e feito animal de estimação. É um daqueles filmes da época que a Disney ainda fazia live actions (com o selo Disney) e é daqueles filmes que toda criança nos anos 90 assistiu e que hoje se perguntaria: Como me deixaram ver isso?

Os longas para crianças nos anos 80 e começo dos anos 90 eram do tipo formadores de caráter, em outras palavras, traumatizar para toda a vida. Não acredita: O regresso do Corcel Negro, Em Busca do Vale Encantado, Labirinto, e é claro Caninos Brancos.

Eu lembro de alugar esse filme, provavelmente em 1992, lembro que era lançamento e lembro que a bagaça era triste para cacete. Esse está na minha lista de rever algum dia. Vi que tem uma continuação, nem sei se a assisti na época, tenho a impressão que sim, e que era completamente esquecível. Tem uma série de TV também, mas essa eu nunca vi.

Links:
https://en.wikipedia.org/wiki/White_Fang
https://en.wikipedia.org/wiki/White_Fang_(1991_film)
http://melivrandoblog.blogspot.com.br/2015/05/melivrando-16-caninos-brancos.html

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Timeslaughter

Segunda de games - 37 de 52 - 263 de 366

Timeslaughter, lançado para DOS em 1996, produzido pela Bloodlust, que era um grupo de gente muito doente de uma produtorinha bem pequena de games. Foi distribuído como um shareware, mas hoje é um freeware pra quem curte jogo de luta, tem saco de usar o DOSBOX e tem estômago pra gore.

E isso é o que mais tem, desde a apresentação do jogo, onde o cientista Spade inventa uma máquina do tempo, perde um olho e os dois braços sendo torturado por demônios e aciona a máquina do tempo causando uma zona temporal que leva a necessidade (seja ela qual for) de lutadores de diversos tempos enfrentarem.



Os gráficos são ruins, até pra época, não existe trilha sonora e os efeitos sonoros são ruins, irritantes e repetitivos. O sangue jorra por qualquer golpe, até uma rasteira enche a tela de sangue. Depois de 3 ou 4 golpes o chão do cenário já está completamente vermelho. E quando a luta acaba vem os fatalities, ideia copiada descaradamente de Mortal Kombat. Alguns são bastante criativos, até demais.




Links:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Timeslaughter
http://playdosgamesonline.com/time-slaughter.html

domingo, 18 de setembro de 2016

Gerry Rafferty

Domingo de música - 38 de 52 - 262 de 366

Mais daqueles que todo mundo conhece, mas só lembra quando escuta.

Gerry Rafferty era um músico escocês que teve uma carreira com vários discos, que admito, não conheço nenhum, só essa Baker Street e Stuck In The Middle With You (composição) por causa do Tarantino.


Ele compôs para o Stealers Wheel.

sábado, 17 de setembro de 2016

Beethoven (o desenho)

Sábado de desenhos - 38 de 52 - 261 de 366

Uma mania dos anos 80 que perdurou até meados dos anos 90 era transformar filmes de sucesso em desenhos animados. As vezes a coisa dava bem certo e criava clássicos, como os Caça-Fantasmas, outras criava bizarrices como Robocop.

Baseado no filme de 1992, onde uma família adota um são bernardo perdido e o batiza como Beethoven. O desenho é uma continuação do desenho, e como vários desses desenhos sobre filmes com animais, os bichos ganham a capacidade de falar. Nesse caso apenas com outros animais.

Durou uma temporada, com 26 episódios, foi completamente esquecível e a animação é bastante bunda. Só pra lembrar mesmo que isso existiu.



Links:
 https://en.wikipedia.org/wiki/Beethoven_(TV_series)
http://www.imdb.com/title/tt0280233/

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

A Semana do Presidente

Sexta de séries 38 de 52 - 260 de 366.

Tecnicamente isso é um seriado.

A Semana do Presidente passava na TVS (que virou SBT) e era um programinha de um minuto e pouquinho vinculado aos domingos (eu acho) dentro do enorme e interminável programa da Silvio Santos (eu acho). Era basicamente um treco ufanista bancado com dinheiro público e com o Lombard dando  o peso narrativo. O programa durou de Figueiredo até Fernando Henrique. Foi de 1976 até... boa pergunta, não achei isso. Sei que foi depois de 1995 e antes de 2002.



Links:
 http://memoriasdaditadura.org.br/generos-e-programas/a-semana-do-presidente/
http://extra.globo.com/noticias/brasil/programa-semana-do-presidente-foi-transmitido-por-mais-de-20-anos-1589126.html
http://www.terra.com.br/istoegente/68/reportagem/rep_silvio_santos.htm

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Régua Mágica? Não, é régua esferográfica

Quinta de generalidades 37 de 52 - 259 de 366

Quando eram comuns os vendedores em escolas, ou em feirinhas de algum tema, sempre tinha um cara mostrando mandalas bem legais riscadas com caneta em folhas de papel. Ele usava um treco retangular com 2 buracos que ele chamava de régua mágica.

Sendo chato, o nome correto da tal produto é régua esferográfica. O matemático de Bruno Abakanowicz inventou o Spirograph entre 1881 e 1900. Não era para desenhar círculos, era pra um calculo sério, mas em 1908 aparece no catálogo da Sears esse treco aqui:

Coisa assim continuam aparecendo de tempos em tempos, e em 1965, Denys Fisher mostra o seu Spirograph.

Bem legal né? 

Mas o modelo mais comum vendido por ai é esse aqui que eu não sei quem inventou, mas todo mundo teve. As réguas esferográficas existem em montes de modelos diferentes. 


Links:


quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Lango-Lango

Quarta de brinquedos 37 de 52 258 de 366

Lango Lango eram marionetes vendidas nos anos 80, tinham 6 modeles e o seu diferencial eram serem monstrinhos (da Ilha Lango-Lango) e socarem com um mecanismo de alavancas. Era a coisa de irritar os outros e trocar socos entre bonecos, mas o comercial era amigo das crianças e da natureza, é claro, até parece que alguém brincava assim, o boneco socava!




O fabricante era a Balila, que não é exatamente fácil de achar informações sobre ela, de mais famoso erla teve o ET NEB, que era o sonho de consumo de muita gente (inclusive meu). Um boneco pra se fazer autópsia, bem educativo né? Só esse boneco manteria toda e qualquer raça alienígena pacífica longe da Terra. Outros brinquedos da Balila são aqueles que ninguém se importava muito com a marca, como soldadinhos, capacetes e rádios de exército, bonecas cabeçudas, etc. Não achei nada dizendo quando começou e acabou a Balila, gostaria de saber, sua página no Facebook, que acredito de ex funcionários não trás nada, apenas o logo (que usei no post) e 4 curtidas. Mandei uma mensagem, caso retornem com material sobre a Balila faço um post sobre ela em alguma quarta feira.



Links:
http://www.voceselembra.com/2007/05/eu-tinha-o-roxo.html
http://www.infantv.com.br/lango.htm
https://www.facebook.com/Ind%C3%BAstrias-Reunidas-Balila-SA-246610775725435/posts
http://lista.mercadolivre.com.br/brinquedos-hobbies/brinquedos-balila
http://anacaldatto.blogspot.com.br/search/label/Balila%20Brinquedos
http://enciclopedia80.webnode.com.br/news/lango-lango/

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Energia Pura

Terça de filmes 37 de 52 - 257 de 366

Energa Pura (Powder, 1995) é um filme de super-heróis, ou quase isso, na verdade é mais um dos filmes paranormais dos anos 90, como Fenômeno (1996), só que esse é bom.

Powder é um garoto careca e albino, ele mora sozinho em uma casa, ele é descoberto por assistentes sociais. Mesmo que nnca tenha frequentado a escola e praticamente não saia de casa, Powder se mostra incrivelmente inteligente, depois se descobre que ele tem controle elétrico sobre e consegue ler pesamentos. Como é um filme de meado dos anos 90, o filme é um drama, bem melhor que outros da mesma época. E acaba seguindo a linha do medo e fascínio pelo diferente, e muitas vezes não vê-lo como humano.

O filme esteve um tempão no Netflix, mas está fora de catálogo no momento. Um dia acaba voltando.

Links:
http://www.imdb.com/title/tt0114168/
https://en.wikipedia.org/wiki/Powder_(film)

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Hell Cab

Segunda de games 37 de 52 - 256 de 366

Em 1993 os adventure games do tipo point and click dominavam os pcs. Outra novidade que vinham com a capacidade de reproduzir vídeos e faixas de áudio eram os jogos com filmagens de atores. Desses Phantasmagoria deve ser o mais famoso, mas muitos outros títulos apareceram na época, entre eles, Hell Cab.

O jogo começa com o personagem chegando a ova York e pegando um táxi. Como está sem dinheiro o taxista pede que responda a um questionário e assine, na verdade é um contrato com o diabo. Como agora o herói de nossa hist´roia trabalha para o diabo, o Raul, taxita o leva pelo espaço e tempo fazendo coisas para o diabo, na primeira parada já conversa com Nero e acaba preso. Entre os pontos turísticos e as viagens no tempo se anda de táxi e conversa com o motorista. E é isso, um jogo um tanto parado para os padrões de hoje, com bastante falas e textos, mas que impressionava em 1993.

Produzido pela Digital Fusion e a Midway Games West, saiu 1993 para Windows 3.1 e já vinha na inovadora mídia CD-ROM.

Esse jogo, que nem impressiona nada hoje, fazia parte da minha lista de desejos aos 14 anos de idade. Isso incluía o já citado Kit Multi mídia, uma tatuagem e uma garota da minha sala. 2 de 4, não fui tão ruim assim.



Links:
http://forum.scummbr.com/index.php?topic=96.0
http://www.pcgamer.com/saturday-crapshoot-hell-cab/

domingo, 11 de setembro de 2016

Ronaldo e os Impedidos

Domingo de música - 37 de 52 - 255 de 366

Lembra dos Ronaldo e os Impedidos? Pois é, também não sei pra que lembrar disso, mas a vida é a assim mesmo. O Ronaldo, goleiro do Corinthians nos anos 90 resolveu lançar uma banda. Até ai tudo bem, eles eram meio meh e lançaram dois discos. Pelo menos acho que foram dois, a banda não tem nenhuma entrada na wikipedia, nem no perfil do Ronaldo falam da porra da banda e nem na página oficial da banda eles se dão ao trabalho de colocar a discografia, então foda-se. Se nem os interessados na bagaça não ligam pra própria história ou a querem esconder, não sou eu, um blogueiro de 10 leitores por dia que vou resolver isso.

O primeiro disco saiu em 1996, é esse daqui e a música mais famosa era O Nome dela, que é mais ou menos, nem chega a ser ruim, mas tá longe de ser algo memorável. Nem a banda lembra ué.



Eu só lembrava desse primeiro disco, se é que é mesmo o primeiro, que fez gerou muito hype na época, mas que em poucos meses acabou no saldão de 5 reais, onde as carreiras iam para morrer. Na verdade o único lugar que cita a existência de mais um disco é o Wiplash.net. Ok atualizado: O tal segundo disco está com o nome Ronaldo e os Fora da Lei.

Essa é a capa:


e a contra capa

E essa a música "famosa" desse disco


Então essa é a segunda volta do Ronaldo, e dessa vez ele disse que é pra valer, pois é, boa sorte.

O disco novo é esse: Esse tem no Spotify, caso alguém queira muito.
 E esse o clip novo:

Links:

Acabei de perceber que escrevi o post mais completo da internet sobre a carreira musical do Ronaldo. Ok, minha vida é uma merda e tomei todas as decisões erradas que podia tomar. Vou procurar uma ponte bem alta e já volto.

sábado, 10 de setembro de 2016

Cybersix

Sábado de desenhos - 37 de 52 - 254 de 366

Uma das coisas legais de escrever um post por dia sobre alguma coisa esquecida do passado é lembrar de coisas, a outra é descobrir material novo, como  o caso dessa série, Cybersix que acabei de conhecer e já considero pra caramba.

Cybersix estreou em 1999 como desenho animado, mas é uma adaptação de quadrinhos publicados na Itália, mas criados por um Argentino,  Carlos Meglia, posteriormente até foi publicada na Argentina e rendeu uma série live action que não foi muito pra frente.

O desenho teve 13 episódios e adaptava para um público mais infantil as aventuras bastante sombrias de Cybersix. Muita coisa foi mudada, deixada mais leve, mais ou menos como o processo que TMNT sofreu indo das HQs para a TV.

Cybersix é uma heroína de couro preto, chapéu e capa, que na sua vida civil usa um ótimo disfarce, ela é um professor (homem) de literatura de um colégio Adrian Seidelman. Cybersix é o resultado de um experimento de um cientista nazista que produz clones do mal, mas como eles adquirem personalidade e vontade própria mata a todos, a única sobrevivente dos 500 é a 6, dai o nome.

Ela precisa de uma substância para continuar vivendo chamada sustento, nos quadrinhos ela suga como uma vampira das outras criações do tal cientista, na série animada eles carregam frascos da substância com eles. Cybersix tem agilidade e força muito superiores aos humanos.

A animação é boa, bem acima da média da época, com um toque meio anime, o que é explicado pela animação ter sido feita por um estúdio japonês. A trilha sonora com órgãos e um pé no barroco é bem legal e as histórias são muito boas.

A série está no youtube.



Links:
https://en.wikipedia.org/wiki/Cybersix
http://www.imdb.com/title/tt0211793/
https://en.wikipedia.org/wiki/Cybersix_(TV_series)
http://tvtropes.org/pmwiki/pmwiki.php/WesternAnimation/Cybersix

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...