sábado, 13 de fevereiro de 2016

Star Wars: Droids

Sábado de Desenhos 7 de 52 - 44 de 366

Ewokes não foi o único desenho derivado de Star Wars nos anos 80, no mesmo dia estreava um desenho com dois personagens mais icônicos, R2-D2 e C-3PO. Droids é um desenho em arcos no melhor estilo lost tales sobre dois dos mais queridos robôs da cultura pop.

Este, como Ewoks é uma produção bastante esquecida, e agora que nem é mais cânone está mais esquecida ainda, mas, sinceramente, vale ser visto. A animação é de época, mas até competente em algum momento, as histórias em 3 arcos são o ponto mais alto, com mais tempo, mais se podia trabalhar na história.Pra fãs de Star Wars e animações antigas.

Droids teve uma única temporada com 13 episódios, ela durou de 7 de setembro de 1985 até 30 de novembro de 1985, e mais um especial lançado em junho de 1986. Os eventos apresentados no desenho animado acontecem entre os episódios III e IV e durante esse período R2-D2 e C-3PO tiveram 3 mestres diferentes, Thall Joben , Jann Tosh e Mungo Baobab, para depois voltar para
Capitão Antilles, mas isso é detalhe, e depois da revisão nem é mais importante.

Em cada arco os droids encontravam um novo mestre, acabavam os ajudando e sendo obrigados a fugir para escapar do Império. Encontravam um novo mestre e a coisa recomeçava. Coincidentemente todos os planetas para que foram eram desertos do tipo Tatooine.

A trilha sonora não foi nem um pouco como dos filmes, era composta de música eletrônica e sintetizadores. Os responsáveis foram Patricia Cullen e David Shaw. A música de abertura ficou a cargo do baterista do Police, Stewart Copeland.

Outro nome importante nesse desenho foi Paul Dini, que mais tarde seria o responsável pelo excelente Batman a Série Animada. Mas ele conta que a ABC, canal produtor do desenho, segurava demais o trabalho com medo de sair do lugar seguro dos desenhos infantis de sábado de manhã.

Mesmo sendo um desenho esquecido pelo tempo (e pela Disney) muito do que foi apresentado ali influenciou os filmes que vieram depois.

E como todo bom produto de Star Wars, é claro que haviam brinquedos. E essa era a parte mais legal. A construção não era das melhores, mas o visual dos personagens era bem legal. Uma mistura punk star wars mad max. Menos o R2-D2, esse era bem feio. Na época foi bastante fra ca a procura por esses brinquedos, hoje em dia alguns desses bonecos são extremamente cobiçados pelos colecionadores. Incluindo o Vixi, que só saiu no Brasil.

Droids sofre do mesmo problema de outras produções de Star Wars, é um inferno de achar. Melhor sorte é o youtube. Interessante notar que uma das franquias mais populares e bem sucedidas da história do cinema e de trocentas outras mídias tenha tantas produções indisponíveis. Mas pensando em como o consumidor ficou mimizento e não aceita nada menos que perfeito, é, eu entendo porque não relançar.



Links:
http://www.ign.com/articles/2015/09/07/star-wars-droids-turns-30-a-look-back-at-the-animated-series
http://starwars.wikia.com/wiki/Star_Wars:_Droids:_The_Adventures_of_R2-D2_and_C-3PO
https://www.yahoo.com/tv/paul-dini-ewoks-droids-star-wars-175933375.html
http://www.imdb.com/title/tt0088510/
https://en.wikipedia.org/wiki/Star_Wars:_Droids

2 comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...