quarta-feira, 12 de abril de 2017

Uma maratona de filmes de gosto duvidoso.


Eu tenho alguns interesses de gosto duvidoso, dou importância para conhecer coisas que ninguém liga, assisto filmes esquecidos, em outras palavras, nem os nerds me suportam.

E nessa linha comecei uma maratona, filmes de fantasia. Ah, mas até ai, nada demais, Senhor dos Anéis e Nárnia todo mundo assiste, mas não, o meu lance é de anos 90 pra trás. Estou falando dos Sword and Sorcerers italianos, do Masters of Universe e outras coisas com efeitos especiais ruins. 

Mas pra que?

Esses filmes tem algo de único, uma estética, um cheiro de sua época que não é replicável, e suas ideias inventivas, exageros e universos mágicos deixam a coisa toda incrivelmente divertido. 

Desde que assisti Hawk The Slayer aos meus 7 anos de idade criei gosto por esse gênero. 

Até agora vi:

Masters of The Universe
Steel Dawn
The Warrior and the Sorceress
Gandahar 
The New Barbarians   

A ideia é uma maratona de um mês, comecei no dia 9 de abril, vou até 9 de maio. 
Se eu sobreviver contarei aqui como foi. 

6 comentários:

  1. Desse assunto eu entendo :), segue as recomendações:

    - Sword of the Valiant (sobre a lenda o cavaleiro verde e o sir gawain;
    - Dragonslayer (da disney, passa longe das tosqueiras, mas tem ate a mudança de classe do d&d);
    - Excalibur (outro que passa longe da tosqueira, mas a forma sombria como conta essa lenda tão batida sempre me fascinou. P.s. é baseado no livro cavaleiros da távola redonda, por milagre traduzido pro nosso idioma);
    - The Beastmaster (esse sim é tão ruim que vale a pena assistir todas as continuações);
    - Conquest do fulci, otima tosqueira, não dá para esperar mais de um cara acostumado a fazer filme de terror italiano.;
    - Fire and Ice, ótima animação, passa longe da tosqueira;
    - Krull;
    - Barbarian Queen (tosco e muita mulher pelada);
    - Red Sonja (primo pobre do conan);


    Detalhe que teve um kickstarter para financiar um novo filme do Hawk, mas não alcançou a meta. The Sword and the Sorcerer era muito bom, cancei de adaptar a espada tripla pras minhas mesas de rpg.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, temos gostos parecidos, já vi mais alguns desde o dia do post, acabei de ver mais um agora, mas vou revelar só depois num post falando de todos. Uma boa lista de recomendações ai, só não conhecia dois, já anotei pra ver. Valeu.

      Excluir
    2. Quais que você não conhecia?

      Excluir
    3. Sword of the Valiant e Conquest do fulci

      Excluir
  2. As armas do Conquest também foram muito adaptadas pra minha mesa. Já o sword of valiant assisti por acaso quando tinha 12 anos nas madrugadas de insonia no multishow, só depois fui saber que se tratava de uma lenda do rei arthur.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Armas que sempre adaptei pra minhas sessões de RPG foram essa ai da foto do Hawk, a do Diário de um Vampiro (do filme, nada a ver com a série) e do Crepúsculo de aço com a faca escondida.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...