quinta-feira, 27 de março de 2014

Mighty Max


Reprisado pouquíssimas vezes, ou talvez nem tenha passado inteiro nenhuma vez, Mighty Max passou na T.V. Colosso em meados dos anos 90, mas está praticamente esquecido hoje em dia.

Mighty Max teve duas temporadas somando 40 episódios, com estreia em 1 de setembro de 1993 e o último episódio exibido em 16 de novembro de 1994, isto originalmente. A história era sobre Max, um garoto rebelde que recebe uma estátua com um boné mágico escondido nela. O boné permitia que Max abrisse portais e viajasse pelo tempo e espaço.

Max contava com a ajuda de Virgil, um homem pássaro que funcionava como seu mentor e Norman, um tipo de guarda costas grandalhão e bom de briga. O objetivo de Max era de vencer Skullmaster e reestabelecer a ordem natural do universo. A série era um tanto diferente do produto da época, mais violenta e pesada. Haviam mortes, as vezes de forma até explicita demais para os padrões infantis.

Mighty Max foi criado para promover uma coleção de brinquedos, um derivado de Polly para meninos, era uma produção conjunta entre Estados Unidos, Inglaterra e França. Desrespeitando a regra que desenhos para promover brinquedos são superficiais e ruins, apenas comerciais de 30 minutos, Mighty Max tem uma excelente animação, bons desenhos, ação e roteiro inteligente. Até mesmo uma sequencia entre episódios, inclusive com um final que fecha a série de maneira inteligente e digna.

Minhas lembranças sobre esse desenho são mínimas, tenho mais lembranças dos brinquedos, não tive nada dessa coleção, mas lembro de ver comerciais (talvez). E principalmente dos games, que também não lembro se joguei ou vi em revistas e naquele programa de games da Manchete, que passava antes (ou talvez depois) de Cavaleiros do Zodíaco.

Geralmente revejo um episódio para escrever, neste caso optei por ver o ultimo episódio da série. Não é uma dramaticidade que se vê todo dia em desenhos animados.

Uma pena não haver dublagem ou legendas. Mas para matar a saudade dá pra se virar com as falas bem pronunciadas e lentas típicas de desenhos animados voltados para crianças.

Os brinquedos eram bem legais, o tamanho reduzido dos bonecos proporcionavam acessórios, veículos e cenários bem legais e detalhados.
Link para o Ebay: http://www.ebay.com/bhp/mighty-max
 http://en.wikipedia.org/wiki/Mighty_Max_(toyline)
comercial de tv

abertura:


Links:
http://www.imdb.com/title/tt0140749/
http://desenhosanimadospt.blogspot.com.br/2010/12/mighty-max.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Mighty_Max
http://en.wikipedia.org/wiki/Mighty_Max_(TV_series)
http://fanbrothers.blogspot.com.br/2012/05/aposto-que-voce-nao-lembra-mighty-max.html

Um comentário:

  1. ainda agora encontrei no Youtube esse desenho quando fui ver Capitol Critters(um desenho de ratos que moravam no porão da Casa Branca!). caramba passei muito tempo procurando esse desenho mas não me lembrava o nome dele! Mighty Max é bom demais! gostei de conhecer o blog!esaber que existem mais fãs desse fantástico desenho que marcou minha infância!! temha muito sucsso e felicidades!! Marcos Punch.!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...